Artigos

Ácido fórmico

07/10/2021

Ácido fórmico

O ácido metanoico, conhecido popularmente como ácido fórmico, foi obtido pela primeira vez em 1500, através de uma destilação por arraste de vapor de soluções contendo formigas, processo que originou o nome fórmico, do latim formica.

É um ácido carboxílico simples que contém um único carbono e ocorre naturalmente em várias fontes, incluindo o veneno de picadas de abelhas e formigas, pinheiros e alguns frutos.

Acesse nosso LinkedIn: OPTA Alimentos

 Este ácido orgânico é uma importante fonte de carbono único, amplamente utilizado na fabricação industrial de pesticidas, couro, tinturas, medicamentos veterinários e borracha. Além disso, é um reagente sintético orgânico utilizado em vários segmentos, como na indústria têxtil, na medicina e principalmente na área da nutrição animal, em que é usado como conservante e agente antibacteriano na preservação de grãos e rações, sanitização da carne e como aditivo promotor de crescimento na ração.

De forma mais específica, seguem alguns exemplos de sua aplicação:

  • Adesivos gerais e agentes de ligação;
  • Tintas, vernizes, plásticos etc;
  • Utilizado em produtos agrícolas (pesticidas ou não);
  • Ração animal, produtos para animais de companhia;
  • Refrigerantes, perfumes, cervejas, flotação de minérios.

E mais uma gama de produtos que não foram listados.

Na nutrição animal, atua principalmente no controle de leveduras e bactérias como Bacillus spec., E. coli e Salmonella, sendo pouco efetivo contra fungos e Lactobacillus.

Conheça o Amasil – Ácido fórmico

Apesar das inúmeras aplicações é considerada uma substância perigosa que, se não manuseada da forma adequada, pode ser capaz de induzir acidose metabólica grave e lesão ocular em seres humanos e animais, dessa forma é recomendado que seu uso e armazenamento sejam realizados de acordo com as especificações de sua ficha de segurança. 

RESULTADOS TÉCNICOS

Viola et al. (2008), concluíram, que a suplementação com misturas de ácidos orgânicos contendo ácidos lático, fórmico e acético no alimento e o fornecimento destes ácidos com ácido fosfórico na água melhoram o ganho de peso de frangos de corte em comparação ao uso de dietas isentas de antibióticos promotores de crescimento.

Rui (2014) testou o efeito do ácido fórmico administrado via água de bebida e ração no controle de Salmonella Enteritidis – SE. O tratamento realizado com a administração via água de bebida apresentou os melhores resultados, sendo capaz de reduzir a disseminação sistêmica da bactéria, principalmente na redução da colonização do inglúvio no pré-abate, aumentando a proteção das aves. 

REFERÊNCIAS

Rui, B. R. Uso do ácido fórmico no controle de Salmonella Enteritidis em frangos de corte experimentalmente infectados. Master’s Dissertation, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, University of São Paulo, São Paulo (2014). doi:10.11606/D.10.2014.tde-09102014-120048. Retrieved 2021-09-27, from www.teses.usp.br

VIOLA, E.S. et al. Desempenho de frangos de corte sob suplementação com ácidos lático, fórmico, acético e fosfórico no alimento ou na água. Revista Brasileira de Zootecnia [online]. 2008, v. 37, n. 2 [Acessado 27 Setembro 2021] , pp. 296-302. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/S1516-35982008000200016>. Epub 30 Jan 2008. ISSN 1806-9290. https://doi.org/10.1590/S1516-35982008000200016.

Voltar

Cadastre-se e receba nossas artigos e atualizações.