Artigos

Cantaxantina – Pigmentante Vermelho do Ovo

28/02/2021

Cantaxantina – Pigmentante Vermelho do Ovo

A coloração da gema do ovo e de algumas aves como o canário belga vermelho, e o flamingo se devem a deposição de carotenoides xantofílicos. Essas substâncias podem ser encontradas de forma natural em alimentos como milho, urucum, cenoura, açafrão e de forma sintética como a cantaxantina, muito usada para coloração das gemas de galinhas poedeiras e codornas.

Classificação do carotenoides

  • Carotenos:

Esses são conhecidos como carotenoides pró-vitamina A, e são compostos exclusivamente por hidrocarbonetos. Dos diversos carotenoides encontrados, apenas 50 são precursores da vitamina A.

  • Xantofilas:

As xantofilas são conhecidas também como carotenoides inativos. Esses possuem função antioxidante e corante. Quanto a sua composição, se diferem dos carotenos por possuírem grupos funcionais como o cetona, além de possuírem oxigênio. Para que se tenha a coloração é necessário no mínimo 7 ligações duplas, podendo ser cis ou trans. Quanto mais ligações duplas mais intensa a coloração, aqueles com menos de 7 são incolores.

A Cantaxantina

A cantaxantina pode ser encontrada na natureza, e possui coloração vermelha, estando no grupo dos carotenoides com alguma ação antioxidante. No entanto, as utilizadas nas rações são fabricadas industrialmente, o que as lhe tornam sintéticas.

É o pigmentante sintético mais utilizado na indústria alimentícia e cosmética.

Na produção animal é amplamente utilizada para intensificar a cor da gema de ovos de galinhas poedeiras e dar cor a carcaça. Também é bastante utilizada como intensificador da coloração de pássaros domésticos.

Por ser um carotenoide com várias ligações duplas, a cantaxantina oxida-se com facilidade em função da temperatura, incidência de luz e pH, sendo importante alguns cuidados no armazenamento.

Voltar

Cadastre-se e receba nossas artigos e atualizações.